Aneurisma: saiba o que é a doença que causou a morte do diretor Jorge Fernando

A dissecção ocorre quando a camada mais interna da aorta se rompe e o sangue começa a circular no meio das duas camadas

diretor Jorge Fernando morreu no último domingo (27), aos 64 anos, após sofrer um aneurisma. De acordo com o hospital Copa Star, no Rio de Janeiro, a causa da morte foi uma parada cardíaca em decorrência dessa complicação.

Segundo os médicos, a causa da morte foi a dissecção da aorta. Este problema leva um quarto das pessoas com aneurisma à morte nas primeiras 24 horas. De acordo com o cirurgião cardiovascular Diego Gaia, “trata-se de uma emergência médica”.

A aorta possui três camadas, imagine um canudo dentro do outro. “A dissecção ocorre quando a camada mais interna se rompe e o sangue começa a circular no meio das duas camadas”, explicou o médico.

Não é possível identificar quando um aneurisma vai ocorrer. Contudo, a dor é extrema, semelhante a uma facada no peito, e a dor que pode ser confundida com a de um infarto, pode se espalhar para costas, barriga ou pernas, sendo difícil de diagnosticar.

Fator de risco 

O hábito de fumar favorece o acúmulo de placas de gordura e causa o enrijecimento e envelhecimento da parede das artérias, doença chamada asterosclerose, que, por sua vez, também é uma das principais causas da dissecção da aorta.

A idade também é um fator de risco. “A partir dos 60 anos o risco de dissecção é maior. Se acontecer antes, possivelmente tem uma doença genética mais grave associada”, afirma o médico.

Fonte: Portal R7 

Redação Folha Vitória

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *