Campanha de vacinação contra a gripe começa nesta segunda-feira. Saiba onde se vacinar!

No Espírito Santo, a Sesa orientou os municípios para ampliarem os pontos de atendimento e que não fiquem restritos às unidades de saúde.

A Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe começa nesta segunda-feira (23). No Espírito Santo, a Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) orientou os municípios para ampliarem os pontos de atendimento – locais amplos e ventilados – e que não fiquem restritos às unidades de saúde. Também, para agilizar os atendimentos, os registros do público da campanha não serão nominal e sim numéricos.

De acordo com a coordenação do Programa de Imunizações e Vigilância das Doenças Imunopreveníveis da Sesa, a secretaria está seguindo o protocolo do Ministério da Saúde (MS).

A coordenação informou ainda que as pessoas com sintomas do Covid-19, ou com qualquer tipo de doença respiratória, gripes ou resfriados, mas que fazem parte do público alvo da campanha, não saiam do isolamento e sigam mantendo o protocolo do MS. A vacinação deverá ser buscada após o fim do isolamento.

A Sesa ressaltou ainda que os municípios também foram orientados para que todos os pontos de vacinação tenham um supervisor para identificar e acompanhar a presença de pessoas sintomáticas. Caso tenha a identificação, a pessoa vai receber uma máscara cirúrgica e será encaminhada para um local reservado e vacinada, caso não apresente febre. No entanto, a coordenação orienta que todos os sintomáticos permaneçam em casa, no isolamento.

A secretaria destaca que pessoas com febre não poderão receber a vacina. A vacinação será adiada até a resolução do quadro.

A vacina não protege contra o Coronavírus. Porém, o Ministério da Saúde antecipou a campanha com o intuito de proteger a população contra a Influenza, visando minimizar o impacto sobre os serviços de saúde.

Nesta primeira etapa, serão vacinados somente os idosos (acima de 60 anos) e os trabalhadores da saúde.

Do dia 16 de abril em diante, passam a ser vacinados também os professores das escolas públicas e privadas, portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais, e profissionais das forças de segurança e salvamento.

Já no dia 9 de maio começa a vacinação para crianças de 6 meses a menores de 6 anos, gestantes, puérperas (até 45 dias após o parto), funcionários do sistema prisional, pessoas com deficiência e adultos de 55 a 59 anos de idade.

O Dia D de Mobilização Nacional está previsto para o dia 9 maio, e o encerramento da campanha acontece no dia 22 de maio. Para receber a vacina, é necessário levar documento, os comprovantes específicos de cada público do grupo prioritário, cartão de vacinação e Cartão SUS, caso tenha.

Vitória

A Secretaria Municipal de Saúde de Vitória (Semus) informou que, seguindo a recomendação da Sesa, a campanha vai acontecer nas Escolas Municipais de Ensino Fundamental (Emefs) e Centros Municipais de Educação Infantil (Cmeis).

A mudança do local para imunização durante a campanha é uma forma de manter as pessoas saudáveis longe do contato com quem está procurando atendimento em uma unidade de saúde. Além disso, os locais são arejados e com capacidade de manter as pessoas a uma distância segura enquanto aguardam.

A Semus orienta que as pessoas respeitem os horários agendados e retornem para suas casas logo após a imunização, garantindo assim a menor circulação possível. Outra orientação da Semus é para quem está com qualquer sintoma de gripe ou problemas respiratórios evitar a imunização agora.

“A pessoa que estiver com sintomas gripais ou respiratórios deve aguardar o período de isolamento para depois se vacinar. Há vacina para todos dos grupos prioritários e a campanha só termina em 22 de maio”, explica a secretária de Saúde de Vitória, Cátia Lisboa.

O 1° lote de 18 mil vacinas enviado pelo Ministério da Saúde já foi todo agendado. Caso a pessoa não tenha agendado, a Prefeitura de Vitória pede para aguardar o 2° lote.

A Semus também realizou um mapeamento para que todos os idosos residentes na capital, que são acamados ou possuem mobilidade reduzida, sejam imunizados contra a gripe em suas casas. Nestes casos, os idosos serão contactados por agentes de saúde das unidades próximas às suas residências para receberem a dose da vacina.

Além desta medida, a Semus já realizou na última quarta, quinta e sexta-feira a imunização de todos os idosos residentes em Instituições de Longa Permanência Para Idosos (ILPI). Ao todo, 380 pessoas receberam as vacinas contra a Influenza.

“As 18 mil doses das vacinas contra gripe que recebemos do Ministério da Saúde já foram agendadas. Assim que o Ministério fizer o repasse do novo lote, iremos abrir novas vagas de agendamento on-line e também iremos até a casa dos idosos que são acamados”, afirmou a Secretária de Saúde, Cátia Lisboa.

Unidades de saúde e escolas onde ocorrerá vacinação em Vitória:

• US Andorinhas – EMEF Izaura Marques da Silva

• US Alagoano – CMEI Sinclair Phillips

• US Centro – CMEI Ernestina Pessoa

• US São Pedro V – CMEI Zilmar Alves Mello

• US da Penha – EMEF Zilda Andrade

• US do Quadro – CMEI Odila Simões

• US Praia do Suá – EMEF Aristóbulo Barbosa Leão

• US Forte São João – CMEI Terezinha Vasconcellos Salvador

• US Grande Vitória – CMEI Eldina Maria Soares Braga

• US Consolação – CMEI Carlos Alberto M. de Souza

• US Ilha de Santa Maria – EMEF Irmã Jacinta Soares S Lima

• US Ilha do Príncipe – EMEF Moacyr Avidos

• US Itararé – EMEF Ceciliano Abel de Almeida

• US Jabour – EMEF Adão Benezath

• US Jardim Camburi – EMEF Elzira Vivácqua dos Santos

• US Jardim da Penha – EMEF Alvaro de Castro Mattos

• US Jesus de Nazareth – EMEF Edna de Mattos S Gaudio

• US Maria Ortiz – CMEI Rinaldo Ridolfi

• US Maruípe – EMEF Suzete Cuendet

• US República – CMEI Marlene Orlande Simonetti

• US Resistência – CMEI Anisio Spindula Teixeira

• US Santa Luiza – CMEI Zélia Viana de Aguiar

• US Santa Martha – EMEF Marieta Escobar

• US Santo Antônio – CMEI Darcy Vargas

• US Santo André – EMEF Tancredo de Almeida Neves

• US Ilha das Caieiras – EMEF Francisco Lacerda de Aguiar

• US São Cristovão – EMEF Professora Eunice P Silveira

• US Fonte Grande – vacinação acontece na própria unidade

Vacinação escalonada

A campanha de vacinação contra a gripe de 2020 será escalonada, de acordo com o calendário do Ministério da Saúde. A estimativa é imunizar cerca de 124.700 pessoas durante a campanha, que tem previsão de terminar em 22 de maio.

1ª fase (a partir de 23/3) – Idosos com 60 anos ou mais e trabalhadores da saúde.

2ª fase (a partir de 16/4) – O sistema vai manter as doses para os idosos, mas também abrirá para professores das escolas públicas e privadas, profissionais das forças de segurança e salvamento, doentes crônicos e outras condições clínicas especiais.

3ª fase (a partir do dia 9/5) – Além dos primeiros grupos, crianças de 6 meses a menores de 6 anos, gestantes, puérperas (mães que tiveram bebês até 45 dias e apresentem algum documento que comprove a condição), povos indígenas, adolescentes e jovens de 12 a 21 anos sob medidas socioeducativas, população privada de liberdade, funcionário do sistema prisional e adultos de 55 a 59 anos também poderão agendar sua vacinação.

Vila Velha

Em Vila Velha, serão colocados à disposição do público alvo vários pontos alternativos de vacinação como escolas, tendas em praças públicas, quadras esportivas, centros comunitários, Santuário de Vila Velha, Ginásio Tartarugão e Centro Municipal de Atenção Secundária (Cemas). É imprescindível levar a caderneta de vacinação para avaliação e anotação das equipes de vacinadores.

Segundo a prefeitura, não haverá vacinação contra a gripe influenza nas unidades de saúde do município, exatamente para evitar a formação de filas e aglomeração de usuários possibilitando a disseminação do coronavírus.

Os usuários que apresentarem sintomas respiratórios NÃO devem comparecer aos locais de vacinação e, conforme orientação das autoridades sanitárias, esse contingente de pessoas será imunizado contra a gripe Influenza somente após a melhora do quadro de saúde.

Já os familiares de pessoas idosas acamadas deverão agendar a visita de vacinadores municipais pelo email [email protected]

A campanha “Vila Velha Contra a Gripe Influenza” está dividida em três fases para se evitar filas aglomeração de pessoas nos locais alternativos de vacinação.

1ª fase – Iniciada a partir do dia 23/03 até 15/04- Vacinação de idosos a partir de 60 anos e profissionais de saúde.

2° fase – Iniciada partir de 16/04 – Vacinação de professores, profissionais das forças de segurança e salvamento, portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais.

3° fase – Iniciada a partir de 09/05 – Serão vacinadas crianças de 6 meses a menores de 6 anos, gestantes, puérperas (até 45 dias após o parto), indígenas, adolescentes e jovens do sistema socioeducativo, além de apenados, funcionários do sistema prisional e adultos de 55 a 59 anos.

Confira os pontos alternativos de vacinação da campanha em Vila Velha:

REGIÃO I

Santuário de Vila Velha, Centro.

Ginásio Tartarugão, em Coqueiral de Itaparica.

CEMAS a partir de terça-feira (24), rua Castelo Branco, 1.803, Centro.

REGIÃO II

Jardim Colorado – UMEF Reverendo Antônio da Silva Cosmo.

Araçás – Tenda em frente à Unidade de Saúde

Araçás – Tenda na praça central.

Vila Nova – Quadra do Centro Comunitário.

Ibes –UMEI Rosa Helena Frota Tristão.

Santa Inês – Igreja Adventista Metodista.

REGIÃO III

Santa Rita –UMEF Leonel Moura Brizola.

Vila Garrido –UMEF Antônio Bezerra Faria.

Paul –UMEF Graciano Neves.

REGIÃO IV

Jardim Marilândia – Centro comunitário.

Vale Encantado – UMEF Joffre Fraga.

São Torquato – Quadra de esporte.

REGIÃO V

Barra do Jucu – UMEF Tuffy Nader.

Barramares –UMEF Dijayro Gonçalves Lima.

Ponta da Fruta –Praça da Praia Rasa

Ponta da Fruta – UMEF Nair Dias.

Terra Vermelha –UMEF Professor Paulo Cesar Vinha.

Ulisses Guimarães – UMEI Terezinha Pagotti.

Serra

Haverá 41 locais para se vacinar na Serra. A ideia é evitar que o público da campanha fique aglomerado, por isso foram criados dois pontos de vacinação dentro das próprias unidades, além de pontos extras.

Nos territórios de Jardim Tropical, José de Anchieta, Novo Horizonte, São Marcos, Serra-Sede e Vista da Serra a campanha acontecerá somente nos pontos extras. A Unidade Regional de Jacaraípe terá um ponto extra como apoio, mas a vacinação contra Influenza também acontece dentro da unidade.

Nas Unidades Regionais de Saúde, a vacinação acontece das 8h30 às 16 horas. Nas demais unidades básicas de saúde, a vacinação será de acordo com o horário da Sala de Vacina de cada uma.

– Unidades Regionais de Saúde

Localizadas em Jacaraípe, Feu Rosa, Boa Vista e Serra Dourada. De segunda a sexta, das 8h30 às 16h.

– Unidades Básicas de Saúde

Localizadas em: André Carlone, Bairro de Fátima, Barcelona, Barro Branco, Campinho da Serra, Carapebus, Carapina Grande, Central Carapina, Chácara Parreiral,

Cidade Continental, Eldorado, Jardim Carapina, Laranjeiras Velha, Manguinhos, Manoel Plaza, Nova Almeida, Nova Carapina I, Nova Carapina II, Cidade

Continental – Setor Oceania, Pitanga, Planalto Serrano A, Planalto Serrano B, Porto Canoa, São Diogo, Taquara I, Taquara II, Vila Nova de Colares e Unidade

Itinerante (zona rural). De segunda a sexta, de acordo com o horário da Sala de Vacinação.

Pontos extras:

– Parque Residencial Laranjeiras

Parque da Cidade, de segunda a sexta, das 8h30 às 15h

Centro Comunitário de Laranjeiras, de segunda a sexta, das 8 às 12h e das 13 às 16h

– Jacaraípe

Comitê de Saúde do Idoso, de segunda a sexta, das 12 à 16 horas

– Jardim Tropical

Igreja Batista, de segunda a sexta, das 8 às 11h e das 13 às 15h30

– José de Anchieta

Centro de Vivência, de segunda a sexta, das 8 às 12h

– Novo Horizonte

EMEF Aureníria Correa Pimentel, segunda a sexta, das 8 às 16h

– São Marcos

EMEF Herbert de Souza, segunda a sexta, das 8 às 15h30

– Serra-Sede

Centro Comunitário de Serra-Sede, segunda a sexta, das 8 às 16h

– Vista da Serra

Associação de Moradores, segunda a sexta, das 13 às 17h

*Os horários podem sofrer alterações.

Cariacica

No município de Cariacica, de acordo com a Secretaria Municipal de Saúde (Semus), 31.812 idosos (acima de 60 anos) e 7.837 profissionais da área de saúde – que são os grupos prioritários para receberem a dose contra a influenza – serão imunizados.

Para evitar aglomerações nas Unidades Básicas de Saúde neste período de pandemia de coronavírus, a Semus elaborou uma estratégia. Foram criados três grandes pontos de vacinação exclusivamente contra a influenza. São eles: Escola Zaira Manhães de Andrade. Rua 15, s/n, em Nova Rosa da Penha 1; Escola EMEF São Jorge. Rua Principal, s/nº, em Rio Marinho. Escola EMEF Stélida Dias. Rua Bolivar de Abreu, nº 01, em Campo Grande. O funcionamento destas unidades será das 08 às 15h, de segunda-feira a sexta-feira.

As Unidades Básicas de Saúde de Morada de Santa Fé, Jardim América e Nova Rosa da Penha 2 irão atender exclusivamente a rotina do calendário básico de vacinação que contempla as demais vacinas, sempre no horário de 08 às 15h, de segunda a sexta-feira.

Já no Pronto Atendimento de Bela Vista, estarão disponíveis vacinas contra a influenza, além da vacinação antirrábica.

Em relação aos idosos acamados e aqueles que vivem em asilos, profissionais serão deslocados até esses locais para que todos recebam a dose da vacina. A prefeitura orienta que, no caso dos acamados, basta a família entrar em contato pelo telefone 3346-6578, de segunda a sexta-feira, das 8h às 16h.

Conforme orientação do Programa Nacional de Imunização, os grupos prioritários para o recebimento da vacina contra a influenza devem seguir o calendário:

23/03 a 15/04 – Idosos (acima de 60 anos) e profissionais da área de saúde.

16/04 a 08/05 – Professores, profissionais das forças de segurança e salvamento, além de doentes crônicos.

09/05 – Dia D – crianças de seis meses a menores de 06 anos, pessoas com mais de 55 anos, gestantes, mães no pós-parto, população indígena e portadores de condições especiais

Guarapari

A campanha será realizada de 08h às 15h, nas segundas, terças, quintas e sextas-feiras, pois nas quartas-feiras será feita somente a vacinação de rotina nas unidades de saúde.

Em decorrência da pandemia de coronavírus, as vacinações serão realizadas em escolas, locais abertos e em unidades de saúde que possuem pátio e área externa para evitar aglomerações em locais fechados.

A Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) orienta a população para que respeitem o afastamento de um metro, no mínimo. Essa é uma recomendação do Ministério da Saúde.

Em Rio Claro a vacinação ocorrerá somente no dia 27 de março e em Todos os Santos a vacinação iniciará a partir do dia 25 de março.

Para evitar aglomerações a vacinação será por iniciais dos nomes dos idosos e dos servidores da saúde. Essa vacinação por iniciais é mais uma medida adotada para combater o coronavírus.

23/03 e 30/03: iniciais A/B/C/D e E.

24/03 e 31/03: iniciais F/G/H/I e J

25/03 e 01/04: iniciais K/L/ M/N e O

26/03 e 02/04: iniciais P/Q/R/S e T

27/03 e 03/04: iniciais U/V/ W/X/Y e Z

06/04: iniciais A/B/C/D e E.

Confira o ponto de atendimento de cada bairro ou unidade de saúde:

Foto: Reprodução

Redação Folha Vitória

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *