Combate ao feminicídio está entre as metas do Espírito Santo, afirma secretário de Segurança Pública

De acordo com secretário de Segurança Pública, ações em conjunto farão com que os casos cheguem mais rapidamente at´é os serviços de inteligência das polícias.

O combate à violência contra a mulher está entre as principais medidas da Secretaria de Estado da Segurança Pública (Sesp). Em coletiva na tarde desta terça-feira (7), coronel Alexandre Ofranti Ramalho, novo secretário da pasta, ressaltou que é preciso uma ação em conjunto para acabar com o feminicídio.

“Isso é uma prioridade. Todo Estado deve ser unir para que acabe. E não apenas as polícias. As secretarias municipais de Assistência Social, Educação e Saúde devem se unir para ajudar quem passa pelo problema e conseguir detectar que isso possa estar acontecendo. Precisamos estar atentos”, disse coronel Ramalho.

De acordo com ele, as ações em conjunto farão com que os casos cheguem mais rapidamente até os serviços de inteligência das polícias. “Somente assim poderemos reverter que esse quadro e fazer com que esse tipo de violência acabe. Com essa ação, quando um caso chegar até a polícia, ele poderá ser resolvido imediatamente”.

Questionado se os casos de violência contra a mulher cresceram no Estado devido ao isolamento social provocado pelo Novo Coronavírus, coronel Ramalho disse que ainda não possui dados para que possa afirmar isso.

Dayse Torres

Redação Folha Vitória

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *