Fenômeno da internet é morto durante tiroteio entre traficantes e policiais no Rio

Humorista chegou a ser levado ao Hospital, mas não resistiu aos ferimentos

Fenômeno da internet, o comediante Diogo de Farias Pinto, de 36 anos, conhecido como “Bunitinho”, foi morto durante tiroteio entre traficantes e agentes do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope) na manhã desta quinta-feira (5) na comunidade do Morro do Dendê, na Ilha do Governador, na zona norte do Rio.

Entre as outras vítimas estão amigos e empresários do Diogo. Um PM também ficou ferido na ação. A Delegacia de Homicídios da Capital (DHC) instaurou inquérito para apurar as circunstâncias das quatro mortes.

A Polícia Militar, por sua vez, informou que policiais do Bope foram à comunidade para checar uma informação proveniente do setor de inteligência. Ela afirmava que chefes do tráfico de drogas no Morro do Dendê estariam reunidos lá.

Ainda segundo a PM, os feridos foram levados ao Hospital da Ilha do Governador. Um policial do Bope que foi atingido na ação foi levado para o Hospital Central da Polícia Militar. A corporação não informou seu nome, nem seu estado de saúde.

O governador do Rio, Wilson Witzel (PSC), se manifestou por meio das redes sociais. “Bandidos dispararam seus fuzis contra a polícia no Morro do Dendê, uma comunidade tomada por narcoterroristas”, declarou o governador. “Até agora não temos todos os detalhes da operação. Determinei apuração rigorosa pela Delegacia de Homicídios sobre as quatro mortes.”

Sucesso nas redes sociais, ‘Bunitinho’ tinha mais de 400 mil seguidores no Instagram. Seu canal no YouTube é assinado por 97 mil pessoas. Ele ficou conhecido no ano passado com o vídeo “Sextou”, em que comemorava a chegada do fim de semana.

Redação Folha Vitória

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: