Idoso é preso em Marataízes suspeito de abusar sexualmente da neta de 10 anos

Crime foi denunciado pela avó da criança, no final de fevereiro, após ela descobrir que o suspeito trocava mensagens de cunho sexual com a menina.

Um idoso de 66 anos foi preso em Marataízes, no Litoral Sul do Espírito Santo, suspeito de abusar sexualmente da própria neta, uma menina de apenas 10 anos. De acordo com a Polícia Civil, os abusos eram cometidos na residência onde o detido vivia com a vítima, na época dos fatos.

A prisão ocorreu na atual residência do detido, na última quinta-feira (27). Contra ele, havia um mandado de prisão temporária em aberto, que foi cumprido por policiais civis da Delegacia de Marataízes, com apoio da Guarda Municipal.

Segundo o titular da Delegacia de Polícia (DP) de Marataízes, delegado Renato Perin, o crime foi denunciado pela avó da criança, no final de fevereiro, após descobrir que o suspeito trocava mensagens de cunho sexual com a neta.

“Após descobrir os fatos, a avó da vítima se dirigiu à delegacia e denunciou o ocorrido. À época, o homem não foi detido, pois estava fora do estado flagrancial”, explicou.

O delegado acrescenta que a vítima já tinha um histórico de abuso sexual, ocorrido no Estado do Rio de Janeiro. “Ela se mudou para o Espírito Santo, com o objetivo de se manter distante de possíveis agressores”, relatou.

O homem de 66 anos foi autuado pelo crime de estupro de vulnerável e encaminhado ao sistema penitenciário.

Redação Folha Vitória

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: