Modelo que agrediu mulher em restaurante de luxo diz que se arrepende

Fernanda Silva Bonito é namorada do irmão de um dos sócios do restaurante. Por meio de nota, ela informou que “houve agressão mútua e, em um gesto de defesa, jogou em Milka o primeiro objeto que viu pela frente”

A modelo Fernanda Bonito, acusada de agredir a corretora de imóveis Milka Borges, de 33 anos, revelou que se arrepende do fato e que também foi agredida pela mulher. A acusada fez contato com o programa Domingo Espetacular, da Record TV, por meio de nota.

A agressão ocorreu no dia 11 de janeiro, em um restaurante de luxo no Jockey Club, zona sul de São Paulo. Na ocasião, Milka estava no banheiro do restaurante e alegou que a agressora entrou no local dizendo que era dona do restaurante, por isso não entraria na fila para usar o sanitário.

Em seguida, Fernanda teria começado a empurrar as mulheres na fila. Milka relatou que tentou acalmar a modelo, quando foi agredida pela primeira vez. A vítima disse que Fernanda saiu do local, foi ao bar e voltou para o banheiro, onde arremessou uma taça de vidro no rosto de Milka. A corretora de imóveis teve diversas lesões e precisou realizar, recentemente, uma cirurgia de emergência.

Fernanda Silva Bonito é namorada do irmão de um dos sócios do restaurante. Por meio de nota, ela informou que “houve agressão mútua e, em um gesto de defesa, jogou em Milka o primeiro objeto que viu pela frente”. Ela diz que se arrepende do ocorrido, “pois não queria causar a lesão e o sofrimento, e que tentará, de todas as maneiras, se retratar”.

O restaurante também enviou uma nota, informando que Fernanda não é sócia e não faz parte do quadro de funcionários do estabelecimento.

A corretora de imóveis agredida registou boletim de ocorrência, fez exames de corpo delito e aguarda as investigações do caso.

Com informações do Portal R7.

Redação Folha Vitória

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *