Morre jovem que teve corpo queimado pela ex-namorada

Após passar quatro dias internado com 40% do corpo queimado, o ajudante de cozinha Luiz Henrique Nóbrega Dantas, de 27 anos, não resistiu aos ferimentos e acabou morrendo

Uma mulher suspeita de atear fogo no ex-namorado foi presa nesta quinta-feira (31). O crime teria ocorrido durante uma discussão por ciúmes em Rio das Pedras, na zona oeste do Rio de Janeiro. Ela teve a prisão temporária decretada após a confirmação da morte do jovem na noite de quarta-feira (30).

Após passar quatro dias internado com 40% do corpo queimado, o ajudante de cozinha Luiz Henrique Nóbrega Dantas, de 27 anos, não resistiu aos ferimentos.

No primeiro depoimento, no sábado (27), a principal suspeita do crime disse que agiu em legítima defesa. Ela afirmou ter jogado o álcool em cima do rapaz para se defender de uma suposta agressão e que o fogo partiu do isqueiro que a própria vítima segurava.

Os investigadores, no entanto, encontraram contradições na versão apresentada. Segundo a polícia, a mulher ainda se recusou a fazer o exame de corpo de delito no IML (Instituto Médico Legal).

O casal namorou por cerca de um ano e estava separado há quatro meses.

Com informações do Portal R7!

Redação Folha Vitória

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: