Municípios da região Sul se unem para tentar combater avanço do maruim

A Prefeitura de Anchieta, por meio da Secretaria de Agricultura e Abastecimento, está envolvida com mais outros seis municípios da região para buscar soluções para amenizar a presença de maruins, inseto que vem causando transtornos principalmente no interior.

Estão participando de um grupo de trabalho para essa finalidade os município de Iconha, Anchieta, Rio Novo do Sul, Alfredo Chaves, Guarapari e Marechal Floriano.

Com intuito discutir o tema de forma conjunta e unir esforços para buscar soluções para resolução do problema, desde junho deste ano representantes dessas cidades vem se reunindo e buscando parcerias.

Na terça-feira, representantes do Grupo de Trabalho Regional “Problema do Maruim”, como vem sendo chamado a iniciativa, se reuniram com o secretário estadual de Agricultura, Abastecimento, Aquicultura e Pesca (Seag), Paulo Foletto; o subsecretário da pasta, Michel Simon, e o presidente do Incaper, Antônio Carlos Machado para solicitar pesquisas e ações.

De acordo com o secretário municipal de Agricultura de Anchieta, Geovani Meriguete, durante o encontro foram apresentadas as demandas da população sobre o assunto e solicitada ações junto ao Governo do Estado visando o combate do inseto.

“Nós últimos anos a situação tem se agravado de forma bastante preocupante, se tornando um grande problema, com impactos em nível de saúde pública, afetando as atividades já existentes de agroturismo e dificultando o desenvolvimento de novas iniciativas. Além disso, o maruim passou a ser um dos motivos de saída de famílias do meio rural”, elencou Meriguete.

O grupo já realizou contato com instituições como o Ministério da Saúde, Secretaria de Estado da Saúde, Ifes, Ufes e Fiorocruz, buscando alternativas de controle ou combate.

Há 10 anos o ataque do mosquito maruim passou a ocorrer e ser relatado em municípios do interior do Estado, afetando, em especial, os moradores e agricultores do meio rural.

Fonte: Aqui Notícias.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: