Novo Coronavírus: Espírito Santo investe em mais 50 mil testes

Atualmente, o Estado faz cerca de 200 testes por dia para investigar casos do Novo Coronavírus.

O governo do Espírito Santo comprou mais 50 mil testes para a investigação de casos do Novo Coronavírus. Atualmente, o Estado faz cerca de 200 testes.  A Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) pretende dobrar essa capacidade nos próximos dias. O Estado conta, ainda, com doações da iniciativa privada e remessas do Ministério da Saúde, que devem chegar em breve.

Até o momento, o Estado tem 194 casos confirmados da doença e seis mortes registradas. Quarenta pessoas  estão internadas e, dessas, 26 estão em Unidades de Terapia Intensiva (UTIs). E 38 pessoas que estavam doentes, estão curadas.

No Laboratório Central do Estado (Lacen) diariamente chegam amostras de saliva e secreção nasal coletadas de pacientes com suspeita de contaminação por Coronavírus. Segundo a Sesa, o resultado do exame fica pronto, em média, em 24 horas e não há fila de espera.

“Não temos nenhum material coletado aguardando por dias, armazenado, esperando pelo teste”, afirmou o subsecretário de Vigilância em Saúde da Sesa, Luiz Carlos Reblin.

Atualmente, o Estado realiza  200 testes rápidos por dia no Lacen, mas o local tem capacidade para aumentar o número de casos testados. O teste realizado no Estado é considerado de alta eficiência e, se for necessário, o laboratório pode atuar durante 24 horas.

“Continuamos trabalhando com o melhor teste disponível no mundo, o teste de biologia molecular, de garantia absoluta de casos confirmados ou descartados”, completou o subsecretário.

Desde o início da pandemia até agora, mais de mil pacientes foram testados no Espírito Santo para a covid-19. Mas, devido à comunicação comunitária, não é possível saber como a pessoa foi infectada, e a tendência é um crescimento considerável de casos suspeitos.

Por isso, o governo Estado comprou 50 mil novos testes. O Estado conta, ainda, com doações da iniciativa privada e remessas do Ministério da Saúde, que devem chegar em breve. “O teste deve chegar no início da segunda quinzena deste mês. Até lá, vamos fazer 200 testagens por dia”, disse o governador do Estado, Renato Casagrande.

A ajuda para o combate à doença vem também da Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes). O núcleo de doenças infecciosas da Ufes cedeu para o Lacen duas máquinas para diagnóstico da covid-19. Com os equipamentos, o Estado aumenta em 20 porcento a capacidade de testagem.

“Essas máquinas usadas nos projetos de pesquisa estão à disposição para serem usadas no Laboratório Central para auxiliar na detecção dos teste no Novo Coronavírus”, explicou Glaucia Abreu, diretora do Centro de Ciências da Ufes.

Com informações de Aline Proença, da TV Vitória/ RecordTV

Redação Folha Vitória

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: