Roubos de carga caem 35% em fevereiro no RJ

Em fevereiro o indicador roubo de cargas apresentou redução de 35% quando comparado com o mesmo mês do ano passado. Foram 645 ocorrências em fevereiro de 2019 contra 418 em fevereiro de 2020. Nos dois primeiros meses deste ano, a diminuição foi de 28%: 995 registros em 2020 e 1.385 em 2019. Esta foi a primeira vez desde 2015 que os roubos de carga ficaram abaixo de mil ocorrências.

O indicador roubo de veículo registrou declínio de 18% na comparação mensal (3.554 em 2019 e 2.925 em 2020). Na comparação anual, a queda foi de 16% – 6.171 casos em 2020 e 7.339 em 2019.

Mesmo no mês do Carnaval, os roubos de rua (soma de roubo a transeunte, roubo de aparelho celular e roubo em coletivo) recuaram 13% na comparação mensal. No acumulado do ano, a redução foi de 14%.

Crimes contra a vida

Os Crimes Violentos Letais Intencionais – que incluem homicídio doloso, roubo seguido de morte e lesão corporal seguida de morte – registraram declínio de 6% no primeiro bimestre do ano. Foram 695 vítimas em 2020 contra 739 em 2019. Este foi o menor valor para o período desde 1999. Em relação a fevereiro, o indicador se manteve estável com 336 mortes em 2019 e 335 em 2020, também o menor valor dos últimos 21 anos.

Os homicídios dolosos recuaram 5% no acumulado do ano quando comparado com o mesmo período do ano passado (672 vítimas este ano e 709 no ano passado). Esse é o menor número de vítimas para o período desde 1991. Na comparação mensal de fevereiro, os homicídios também continuaram estáveis: 323 vítimas em ambos os anos – também o menor valor para o mês dos últimos 29 anos.

Os roubos seguidos de morte (latrocínio) apresentaram seis vítimas a menos entre janeiro e fevereiro (17 em 2020 e 23 em 2019). Em fevereiro foram duas mortes a mais (10 em 2020 e 8 em 2019). As mortes por intervenção de agente do Estado aumentaram 4% no primeiro bimestre deste ano e, na comparação mensal, o aumento foi de 13%.

 

Comparação bimestral por Área Integrada de Segurança Pública (AISP)

Ao comparar os dois primeiros meses de 2020 com o mesmo período de 2019, é possível analisar que a Área Integrada de Segurança Pública (AISP) 4 (São Cristóvão e adjacências) teve a segunda maior redução em roubo de rua e a terceira maior queda em morte por intervenção de agente do Estado.

O município de São Gonçalo (AISP 7) apresentou o maior declínio em roubo de rua, roubo de veículo e roubo de carga. Na Baixada Fluminense, o município de Duque de Caxias registrou a segunda maior diminuição em homicídio doloso e roubo de carga.

Os dados divulgados pelo Instituto de Segurança Pública (ISP) são referentes aos registros de ocorrência lavrados nas delegacias de Polícia Civil do Estado do Rio de Janeiro durante o mês de fevereiro.

Fonte: NF Notícias.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: