Sofre de ansiedade? Veja o método que tem sido eficaz no tratamento do problema

Medicamentos não são recomendados porque não tratam o problema, apenas amenizam os sintomas

A pessoa que vive a maior parte do tempo em estado de alerta, irritada, impaciente, com medo de tudo, enxergando só os aspectos negativos, pode estar imersa em um transtorno de ansiedade generalizada.

Dá para curar a ansiedade? O hipnoterapeuta Gean Oliveira alerta que utilizar medicamentos para melhorar a situação não resolve o problema. “A medicação só ajuda momentaneamente, você continua sem cuidar da raiz do problema”, destacou.

Porém, a hipnoterapia pode ser um método bastante eficaz. Segundo o especialista, ela acessa a mente subconsciente para buscar a solução para aquilo que tem tirado o seu sono, tem feito você comer de forma descontrolada ou até mesmo em casos mais avançados, se automutilar. A situação, quando não tratada, não tende a melhorar, e sim causar cada vez mais desconforto no dia a dia.

Você sabia que a pele é um dos órgãos que primeiramente mostra que algo dentro de você não vai bem? “Começamos a aumentar o número de noites mal dormidas e, consequentemente, olheiras aparecem. Acne, coceiras e roxos emocionais também são alguns dos sintomas que nosso corpo emite para mostrar que a nossa saúde mental está precisando de atenção”, disse Oliveira.

Na hipnoterapia, é importante ressaltar que a pessoa não fica desacordada, inconsciente ou tem atitudes involuntárias, mas busca o evento inicial que é o motivo dessa ansiedade na sua mente, o porque do subconsciente está travando e deixando a pessoa emocionalmente afetada.

Seria uma regressão?

“Sim, fazemos a regressão para chegar o momento para saber onde tudo aquilo começou. Mas, não irá voltar ao passado, somente será acessado um evento na sua mente onde pode ter começado o seu problema e acabou sendo um incomodo. Na nossa memória de longo prazo está armazenado isso. Como por exemplo, a primeira vez que andamos de bicicleta, o primeiro namorado”, explicou o hipnoterapeuta.

Quantas sessões são necessárias?

Normalmente em uma única sessão de algumas horas. Pode precisar de mais? Pode sim, tudo depende de cada cliente, alguns precisam e outros não. Porém não sendo mais de 3 sessões. A duração é de 3 a 4 horas.

Preciso de tomar medicamentos?

Nenhum hipnoterapeuta pode te indicar medicamentos e também não podemos retirar. O profissional correto para isso é o psiquiatra.

A hipnoterapia é reconhecida?

Sim, é reconhecida pelo Ministério da Saúde e pela portaria nº 702, de 21 de Março de 2018.

A hipnoterapia é um conjunto de técnicas que, por meio de intenso relaxamento, concentração ou foco, induz a pessoa a alcançar um estado de consciência aumentado que permita alterar uma ampla gama de condições ou comportamentos indesejados como medos, fobias, insônia, depressão, angústia, estresse, dores crônicas. Pode favorecer o autoconhecimento e, em combinação com outras formas de terapia, auxilia na condução de uma série de problemas.

Encontro em unidades de saúde? Não.

“Saúde mental deveria ser um caso de saúde pública, porém não é! Tratamos apenas em consultório particular. Pois se trata de uma terapia holística”, finalizou o especialista.

Redação Folha Vitória

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: