Vaticano: missas da Semana Santa não terão presença de fiéis

A Itália registra 21.157 casos confirmados da covid-19, com 1.441 mortes e é o país europeu mais afetado pela doença; Vaticano tem um caso.

O Vaticano anunciou que com a “emergência sanitária internacional” causada pelo novo coronavírus, as celebrações da Semana Santa serão realizadas sem a presença física de fiéis. Até o domingo de Páscoa, as audiências do Papa Francisco e o Angelus serão transmitidos ao vivo pelo serviço de notícias do Vaticano.

Serão afetadas as missas do Domingo de Ramos (5 de abril), quinta-feira Santa (9 de abril), Sexta-feira Santa (10 de abril), Sábado Santo (11 de abril) e do domingo de Páscoa (12 de abril), além da bênção Urbi et Orbi, que acontece também em 12 de abril. A missa de 19 de abril, domingo da Divina Misericórdia, também não contará com a presença de fiéis.

Ontem, a Santa Sé havia anunciado que o Papa decidiu que a Santa Missa na Santa Marta, celebrada às 7 horas da manhã, também seria transmitida ao vivo hoje e durante a semana.

De acordo com os dados mais atualizados, a Itália registra 21.157 casos confirmados da covid-19, com 1.441 mortes. É o país europeu mais afetado pela doença. O Vaticano registrou um caso.

Estadão Conteúdo

Redação Folha Vitória

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: